Please reload

PROCURE POR TAGS: 

Please reload

POSTS RECENTES: 

SIGA

JOY – O ESPÍRITO EMPREENDEDOR QUE VOCÊ PRECISA TER

Olá pessoal, tudo bem?

 

Hoje vamos falar de um assunto que está meio batido nas redes, mas ainda super atual e cheio de holofotes sobre ele: o empreendedorismo. Como temos feito nos outros artigos, vamos abordá-lo através da análise do filme “Joy – O nome do sucesso”, que é perfeito para tirarmos alguns pontos interessantes a observar do mundo dos negócios. Vem comigo!

 

Desde criança, Joy criava seus próprios brinquedos de recortes de papel e de certa forma isso abria portas para sua imaginação. Viveu em um lar conturbado, com pais separados, passando por muitos desentendimentos e discussões.

 

Sua mãe tornou-se depressiva, seu pai vivia de relacionamento em relacionamento e possuía uma meia irmã que tinha inveja dela.

 

Casou-se com um rapaz que a encheu de entusiasmo quando mais precisava. Logo, separou-se, pois, o marido era um cantor frustrado e tinha uma vida boemia que não condizia com a rotina da casa. Joy percebeu que mesmo casada continuava sozinha para cuidar dos dois filhos, trabalhar, cuidar da casa e sustentá-la.  

 

Mesmo depois de separada, a situação não mudou muito, pois o ex marido passou a morar no porão da casa, e ela a cuidar de toda a família: a mãe que não saía do quarto, os filhos e o pai que terminou um relacionamento e foi morar no porão também. Ufa!! Cansa só de saber disso tudo não é?

 

Joy era uma mulher que tomava conta da casa, tudo era com ela... resolvia, inclusive, problemas de encanamento. Tudo que a família precisava, falava com a Joy. Eles sabiam que ela resolveria.

 

Em uma ocasião, Joy precisou limpar o chão de resíduos de vinho e cacos de vidro com um esfregão comum. O que  acabou machucando sua mão pois tinha que torce-lo.

 

 

Foi então que teve a brilhante ideia de inventar um esfregão inovador que para torcer não seria necessário colocar as mãos. Criou o esfregão sem contato, que a cabeça poderia ser colocada na maquina de lavar. Fantástico, não?

 

Agora pense comigo: ela conseguiu, a trancos e barrancos, vencer e superar as adversidades. Qual era o dom especial de Joy para ter vencido? Digo, que não seria necessariamente um dom, mas a reunião de atributos, que juntos, permitiram o sucesso.

 

Quais seriam eles?

 

Para facilitar criei um anagrama, risos, 'FHARRAPOO':

Fé; Humildade; Autoconfiança; Raça; Resiliência; Amigos; Persistência; Objetivo e Olhar empreendedor.

 

Fé: Acreditar no seu produto, foi algo evidente em Joy. A forma como ela falava dos benefícios e o apresentava, convencia qualquer um de que não se podia viver sem aquilo. Ela ACREDITAVA que ia dar certo!

 

Humildade e generosidade: mesmo depois de vencer, Joy continuou apoiando e abrigando sua família desregrada. Passou também a investir em empreendedores iniciantes dando aquele pontapé inicial que um dia ela também precisou.

 

Autoconfiança e otimismo: Imagina quantas pessoas a criticaram, desanimaram, falando palavras duras como, por exemplo, “Isso não vai dar certo!” ou “Você não tem jeito pra isso!” ou até “Você está sonhando!”. Sempre que algo dava errado, sua própria família era a primeira a desencorajá-la. Dentre a família, apenas a avó dava o apoio, sempre com palavras de encorajamento.

 

Raça e atitude: Na ocasião em que o vendedor de um canal de TV anunciou seu produto de forma inadequada, foi um fracasso. Ela havia produzido 50 mil esfregões e não vendeu um sequer. O desespero a fez procurar o responsável e exigiu que ela mesma apresentasse seu produto na TV. E assim o fez. Você teria essa atitude?

 

Resiliência: Inúmeras vezes Joy enfrentou adversidades que a faziam regredir na sua jornada empreendedora. Ela foi resiliente, teve a capacidade de se recuperar depois dos obstáculos encontrados.

 

Amigos e apoiadores: sim, esses não a deixavam desanimar. Ao contrário dos próprios familiares, sempre encontravam meios para ajudá-la. Seu ex marido continuou seu amigo e conseguiu uma reunião com o representante de uma empresa que vendia produtos pela TV. Isso foi o que a colocou efetivamente no mercado e deu visibilidade ao produto. Sua amiga de infância, sempre ao seu lado, tentando vender até nas ruas. Foi a primeira pessoa que ligou para o programa de TV a fim de ajudar a amiga a engajar as vendas.

 

Persistência: Diante da descoberta que seu projeto havia sido clonado e os fraudadores estavam de posse da patente da sua invenção, ela teria que parar de fabricar seu próprio produto. Ela persistiu e conseguiu fazer com que devolvessem o que haviam roubado.

 

Objetivo: Definiu o objetivo do que pretendia naquele momento. Ela sabia o que queria. Fazer com que todos conhecessem seu esfregão inovador e vende-los.

 

Olhar empreendedor: Foi no cotidiano que surgiu a grande ideia. Teve um olhar diferente do que a maioria das pessoas. Normalmente a reação é reclamar que aquele objeto não funciona, mas ela viu que estava faltando algo ali e poderia ser melhorado. Viu nisso, uma oportunidade.

 

Apesar de Joy possuir esses atributos, não significa que ela tenha sido uma heroína. Muitos deles ela teve que aprender de acordo com as circunstâncias. Ela foi se desenvolvendo, dia após dia. Pare para pensar: ninguém é tão perfeito a ponto de não se sentir desanimado ou frustrado. O que não pode é permitir que isso tome conta de você e atrapalhe sua vida dificultando que enxergue as oportunidades.

 

Você que é empreendedor ou pretende ser, reconhece que podem até faltar alguns dos atributos, no entanto é preciso sair da zona de conforto assim como Joy saiu devido a necessidade depois de 17 anos de frustração. Quando teve atitude e saiu da zona de conforto, Joy fez acontecer.

 

Então, avalie seu caso.

Há adversidades? Sim, há.

Vale a pena empreender? A resposta está com você.

 

Até a próxima ;)

Ah, me siga nas redes @elainemarquesorganiza

Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle

Entre em Contato

Para agendar uma visita, contratar consultoria, coaching ou saber sobre cursos, treinamentos e palestras entre em contato.

 

E-mail: ao.consultoriaetreinamentos@gmail.com

Telefone: (21) 97003-2438

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

© 2015 por Priscilla Caminha. Orgulhosamente criado por Amo Organizar. Direitos Reservados.