12 DICAS PARA CONTROLAR SUA ANSIEDADE E DIMINUIR O ESTRESSE EM TEMPOS DE QUARENTENA


A crise do coronavírus está gerando estresse e aumentando os níveis de ansiedade da população. As pessoas estão preocupadas com a saúde, com os idosos, com os empregos, a vida social, a economia.

Eu sei que é difícil ficar totalmente imune a essa onda de ansiedade, já que é difícil prever quando a rotina voltará ao normal. Mas é extremamente importante não deixar de fora os cuidados com a saúde mental em meio a essa crise. Equilíbrio, resiliência, inteligência emocional!


A ansiedade é um estado caracterizado pelo medo, apreensão, mal-estar, desconforto, insegurança e até por uma sensação de que algo desagradável está para acontecer.


Existem alguns hábitos que podem nos ajudar a controlar a ansiedade e diminuir o estresse neste período de quarentena. O segredo para que as dicas funcionem de verdade é a repetição. Tentar só uma vez não será suficiente para fazer a sua ansiedade desaparecer milagrosamente. Comece a desenvolver hábitos mais positivos, sorria mais, acredite em você e desenvolva uma mente equilibrada, forte e inteligente emocionalmente.


Quais são eles ? Então vamos lá...


1. Pratique atividades físicas

A forma mais comum de aliviar a ansiedade e o estresse é a prática de exercícios. Praticar atividades físicas ajuda sim a lidar com estados de ansiedade, porque eleva a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer. Claro que essa alternativa irá funcionar dependendo da disposição da pessoa, uma vez que nem todo mundo gosta de praticar exercícios E você precisa escolher algo que lhe dê prazer!


2. Experimente controlar a sua respiração

Para reduzir as reações do sistema nervoso autônomo, devemos fazer o controle da respiração. Isto pode ser feito compassando a respiração e inspirando lentamente pelo nariz, com a boca fechada. Ao inspirar, deixar o abdômen expandir-se, ou seja, estufar a barriga e não o peito. Depois, expirar lentamente, expelindo o ar pela boca. Isto pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora. Além disso, quando você estiver em um ambiente silencioso e com possibilidade de ficar deitado, use uma técnica de relaxamento. O relaxamento combinado com a respiração diafragmática, certamente, reduzirá a respiração intensa em momentos de grande ansiedade.


3. Evite pensamentos negativos e filtre suas informações

Em situações de ansiedade que se estendem por longos períodos, recomenda-se que a pessoa evite os pensamentos negativos ou catastróficos. Mas Priscilla, estamos no meio de uma crise mundial, com a TV e as mídias divulgando a casa segundo do dia, notícias piores, como evitar pensamentos negativos? Sei que não é fácil, mas é possível. É uma escolha! Filtre o que você vê, lê e ouve. Os pensamentos e as falas negativas agravam a situação, intensificando as respostas autonômicas, como o mal-estar e o descontrole respiratório. Agora se você escolhe trabalhar a sua visão positiva, você passa a enxergar possibilidades, tem maior facilidade de encontrar soluções em meio ao caos e você começa a ser mais otimista, minando assim as forças da ansiedade sobre você.


4. Mantenha o foco de atenção no presente

Quando sua mente está dedicada integralmente ao momento atual, você tem total capacidade de análise, julgamento e ação; portanto, esta é uma boa forma de controlar a ansiedade. Quando a mente passeia aleatoriamente entre passado e futuro sem direcionamento para um planejamento, você pode se perder nas ideias e a ansiedade pode iniciar ou piorar.


5. Organize-se

Uauuuu... Eu amo organização! Ela tem um poder transformador e libertador. Quem vive na bagunça gasta tempo para achar o que precisa, acumula coisas sem utilidade, dificultando o bem-estar e acaba por criar sentimentos de ansiedade. Trabalhar, estudar e viver em um ambiente minimamente organizado ajuda no equilíbrio emocional e controle da ansiedade. Além disso, pessoas com uma organização maior do seu tempo conseguem aproveitá-lo melhor, o que reduz muitos fatores causadores de ansiedade e também de estresse.


6. Esteja com quem você ama

Conviver com pessoas queridas da família e amigos que se tenha afinidade faz toda diferença na qualidade de vida e para o nosso emocional.


7. Dedique tempo para você

Você é prioridade! Está no topo da lista. E isso não é egoísmo ou egocentrismo. É autocuidado! Coloque isso na sua cabeça agora mesmo. Reservar algum tempo do dia para você e ser capaz de ouvir suas reais necessidades pode contribuir diretamente para o controle da ansiedade. Saber olhar para si, atender e contribuir para sua meta de vida é uma ação de grande poder para sua vida. Seja capaz de dedicar um pouco de tempo e energia a você mesmo. Lembre-se: você só será inteira para outras pessoas e se estiver inteira para você mesma!


8. Sorria mais

Sorrir faz bem! Traz cura emocional, relaxa e diminui a ansiedade. Aproxima pessoas. Faz bem para você e para quem está perto de você.

9. Confie mais em si mesmo

Você é (ou deveria ser), sem dúvida alguma, a sua melhora companhia. Não há ninguém que estará ao seu lado mais tempo que você mesmo, por isso, invista nessa bela "parceria" com você mesmo. Seja fiel e confie mais em você e no potencial que possui, e isso lhe dará forças para lidar com a ansiedade e com os problemas do dia a dia.


10. Desenvolva congruência

Quem pensa de um jeito, age de outro e diz outra coisa terá, com toda certeza, momentos de ansiedade. Buscar equilíbrio entre o que se quer e o que faz contribuirá com a harmonia do seu dia.


11. Se autoconheça

Quem se conhece bem, sabe respeitar seus limites, consegue dizer "não" e é capaz de se proteger, tem menos ansiedade que outras pessoas que estão ainda aprendendo a se conhecer.


12. Cuide bem do seu momento antes de dormir

Evite ações que levam à agitação, preocupação e desgaste. Nem sempre podemos prever o que pode acontecer pouco antes de dormir, mas aquilo que depende de nós devemos fazer bem feito.

Nada de assuntos decisivos ou sérios demais antes de dormir, pois isso prejudicará seu sono, seu momento de relaxamento e gerará em você pensamentos ansiosos.


Cada pessoa desenvolve afinidade com uma ou outra estratégia para controlar a ansiedade. Aplicando essas dicas no seu dia a dia, é possível minimizá-la sim e cuidar da sua saúde mental como um todo.


Porém, se os sintomas persistirem ou desencadearem outros mais intensos, recomenda-se procurar um psicólogo para estar certo de um diagnóstico e ter um acompanhamento, ok?!


“Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.”

1 Pedro 5:7

#ansiedade #quarentena #covid19 #autoconhecimento #autocuidado #homeoffice

Entre em Contato

Para agendar uma visita, contratar mentoria, consultoria ou saber sobre cursos, treinamentos e palestras entre em contato.

 

E-mail: ao.consultoriaetreinamentos@gmail.com

Telefone: (21) 97003-2438

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

© 2015 por Priscilla Caminha. Direitos Reservados.