FUGINDO DA DESORGANIZAÇÃO


Chegando aos 35 anos acho que vivencio a tal da crise que todo mundo fala que existe. Parece que todo meu planejamento e organização de vida não faz mais sentido. Alguns terapeutas dizem que a crise da meia idade, antes, surgia com 40 anos, agora já surge a partir dos 35.

Brincadeiras a parte, o que venho passando é algo comum em qualquer fase da vida. Estou atolada de coisas para fazer. No geral, não consigo dar conta de nada. Uma coisa sempre fica esquecida. Faço mil listas de tarefas e me perco nelas, ou até mesmo esqueço de olhá-las.


Para quem gosta de organização, isso é tortura.


Até minhas roupas, que antes eram minha paixão, "perderam a cor". Sinto vontade de mudar de estilo, de coisas novas, pois acho que nada mais tem a minha cara.


Fases... simplesmente uma fase de renovação.


E por onde devemos começar essa mudança?


De fato, na cabeça, a transformação foi feita. Agora é definir prioridades e fazer um planejamento diário, onde seja viável cumprir as tarefas. Por exemplo: Quantas horas produtivas tenho no dia? Quais minhas tarefas obrigatórias diárias? Quais as tarefas prioritárias?


Outro ponto, que eu sempre deixo esquecido, é lembrar que sou humana. Preciso descansar, cuidar da beleza, da saúde... Se uma dessas necessidades não for cumprida, o desequilíbrio reina e a gente pifa.

  1. Qual será meu tempo de descanso?

  2. Qual será meu tempo diário para o alimento espiritual?

  3. Definir horário para atividade física.

  4. Me alimentar bem.

  5. Cultivar pensamentos positivos.

  6. Qual o dia da beleza?

E por último... me livrar de tudo que não faz sentido no armário.


Minha ideia é manter meu estilo, mas com a tendência minimalista. Eu não preciso de 70 calçados,30 blusas, 20 saias, 20 casacos e os demais.


Para ajudar, escrevi um e-book onde você pode baixar aqui (www.priscardozo.com.br).


Eu quero que todas as minhas roupas caibam no meu armário, sem precisar usar o quartinho como closet. Necessito liberar espaço, ter praticidade para escolher roupas, sem a doença de ficar comprando toda nova coleção que aparecer.


O verbo "ter" perdeu totalmente o sentido.

Quando se vive no caos, qualquer ponto fora da curva é desespero. Quando se está organizado, qualquer problema é uma nova atividade a ser priorizada dentro de um planejamento viável.


Você já conseguiu esse equilíbrio? Conta pra gente ;)


#guestpost #segredosdeorganização #amoorganizar #desapego #minimalismo

Entre em Contato

Para agendar uma visita, contratar mentoria, consultoria ou saber sobre cursos, treinamentos e palestras entre em contato.

 

E-mail: ao.consultoriaetreinamentos@gmail.com

Telefone: (21) 97003-2438

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

© 2015 por Priscilla Caminha. Direitos Reservados.